terça-feira, 27 de setembro de 2011

haikai do coração que ancorei nela

no infinito
da minha miséria
é sempre você

Nenhum comentário: